sexta-feira, 14 de maio de 2010

Petit gâteau


Minha gente, essa é a melhor receita de petit gâteau que já vi, muito gostosa e não é nenhum bicho de sete cabeças como muita gente pensa, e para quem não sabe, petit gâteau é um bolinho de chocolate de casca crocante e recheio bem cremoso, é servido quente, e na maioria das vezes com sorvete de creme. Uma combinação perfeita e uma tentação quase impossivel de resistir...

Embora conhecido mundialmente por esse nome, na França, país onde a maioria das pessoas acreditam ter nascido o petit gâteau, na realidade nem o conhecem por tal nome,que para eles nada mais é que um bolo pequeno ou qualquer bolinho. Para comer lá essa desejada e magnífica sobremesa você deve pedir um "Mi-cuit" ou um "Moelleux au Chocolat".

No entanto, sem se ter muita certeza, acredita-se que aconteceu em Nova York, nos anos 90, por acidente, e das mãos de um "sous chef"(chef substituto) francês, ele teria tirado o bolinho antes do tempo certo de cozimento total, e assim, resultando nesse maravilhoso presente para a gastronomia mundial, e foi assim também que o "Mi-cuit" virou "Peti Gâteau". Dali espalhando-se pelo mundo,e chegando ao Brasil, conquistando a todos, e onde hoje frequenta as melhores mesas.

Bem mais simples e mais fácil de fazer do que se imagina, o petit gâteau tem apenas dois segredinhos. O primeiro é bater bastante a massa, quanto mais bater, melhor fica.  O segundo segredo é assá-lo em forno bem quente, pelo tempo necessário para tornar firme as laterais da massa e deixar o miolo cremoso.Para isso espere de 8 a 10 minutos, dependendo do forno e do tamanho da forma. Até que você pegue o tempo ideal de quantos minutos o petit gâteau precisa parar assar no seu forno, fique atento à massa enquanto ela está assando. O ponto ideal é quando as bordas já estão assadas, elas vão estar mais altas e você notará uma leve depresão no meio de cor mais escura, é o sinal que já estar no ponto, e o miolo já estar cremoso. Se não quiser se arriscar tanto, teste primeiro uma forminha antes de assar as demais.

O petit gâteau deve ser assado em  pequenas formas individuais. Fazendo tudo certinho, usando bons igrendientes e de olho nos detalhes, raramente dará errado, se caso aconteça tente novamente, vale muito apena! Vamos para receita desta delícia:



INGREDIENTES:

100g de chocolate em barra meio amargo ou amargo picado.
100g de manteiga sem sal
100g de açúcar refinado
50g de farinha de trigo
1 pitada de sal
2 ovos inteiros
2 gemas
cacau em pó - para polvilhar as formas

MODO DE FAZER
Unte muito bem, as formas com manteiga e polvilhe com cacau em pó.
Numa vasilha, derreta em banho-maria o chocolate junto com a manteiga  até obter uma pasta lisa, brilhante e homogênea. Desligue o fogo e reserve mantendo a tigela na água quente. Se, preferir, use o microndas.
Separe as gemas das claras. Numa outra vasilha, coloque as claras e, depois, junte todas as gemas, passando-as por uma peneira para tirar a pele.
Bata os ovos na batedeira até aumentarem de volume e clarearem um pouco.
Acrescente o açúcar e continue batendo até que fique bem incorporado.
Acrescente a farinha de trigo e a pitada de sal e bata, também, até incorporá-la bem. 
Reserve em outro recipiente para liberar a batedeira, pois agora você precisa-rá bater bem apenas por 2 minutos a pasta do chocolate, em seguida volte com a mistura dos ovos para a batedeira e vá acresentando aos poucos a mistura do chocolate, sempre batendo. Use a espátula para ajudar na mistura da massa com o chocolate. Bata tudo muito bem.
Com uma colher, encha as formas com a massa, até pouco mais que a metade, deixando pelo menos um dedo abaixo da borda.
Cubra as formas com filme e coloque na geladeira por duas horas, no mínimo.
Vinte minutos antes de assar, acenda o forno na temperatura máxima.
Coloque as formas numa única assadeira para facilitar o manuseio e ponha para assar no forno, sempre na temperatura máxima. Daí pra frente, olho no relógio e no forno. Depois de tirar do forno, aguarde uns 3 minutos para que ele esfrie apenas o suficiente para não estourar o creme na hora de desenformar.
Normalmente, ele sai fácil da forma. Mas, caso sinta que ele ainda não se desprendeu totalmente, solte-o passando uma faquinha de ponta em torno da borda interna da forma.
Para desenformar, coloque o prato em que será servido virado de cabeça para baixo sobre a forminha e vire.
Decore com uma folha de hortelã, uma cereja, ou da forma que melhor lhe agradar e sirva com sorvete. O mais comum é servir com sorvete de creme, mas escolha o sabor que mais gostar. Pistache, por exemplo,cai muito bem. 

Dica: A massa pode ser conservada na geladeira por uma semana sem assar ou congelada. Congele a massa crua já enformada e, quando quiser assar, retire do freezer e deixe descongelar por 3 horas na geladeira.

Um grande beijo pra todos, e aproveitem esses dois prazeres, o de fazer o petit gâteau e o de come-lo!  ;o)

3 comentários:

  1. HummMMmmMmHummMMmmMm.... Jesus, que delícia!!!! Amoooo Petit Gâteau!!! Com certeza essa receita eu não perco de fazer...

    ResponderExcluir
  2. Aiai... Que Delíciaaaaaaaaaa!!!! Esse eu tb conheçoooo,né? rsrsrs... bjooo

    ResponderExcluir